As fadas são seres de luz. São elas que se transformam nas cintilações quando a luz do sol bate na água. São a emoção de existir quando uma flor desabrocha, quando um bebê de qualquer tipo nasce ou quando um novo jogo é inventado e jogado. As fadas são o meio pelo qual a alegria é transmitida dentro de um sistema ou de um ser físico. Sua alegria clara e cintilante é intensa e espontânea. As próprias fadas são pontos de beleza. Ao reconhecer a beleza de uma coisa, lugar ou acontecimento, vocês reconhecem a participação das fadas. Elas adoram coisas alegres - festas de aniversário, sinfonias no parque, jogos, brincadeiras e risos. O brotar, desabrochar, abrir, a maturidade e as sementes de uma flor para elas podem ser tão ricos como toda uma vida humana. Elas acrescentam alegria ao sadio e restauram o cansado. Fala-se com fadas, assim como com duendes, por meio de gestos. Quando vocês molham seu jardim, suas fadas locais ouvem seu cuidado. Quando vocês inspiram a felicidade de estarem vivos ao sol, no vento, entre os aromas da primavera ou verão ou inverno ou outono, elas rodopiam alegremente à sua volta, como minúsculos insetos rodopiam e dançam no ar no fim das tardes. Elas adoram os sons de coisas vivas, desde rãs até pássaros, passando pelo zumbido dos insetos. Quando vocês apreciam o que está vivo, comunicam essa alegria diretamente a elas, que respondem com pequenos afagos cheios de deleite. Adoram crianças de todos os tipos. Lembram-se de que quando eram crianças, às vezes riam sem nenhuma "boa" (adulta) razão? As fadas estavam em sua aura, revigorando e avivando, fazendo reluzir sua beleza e rindo seus risos miúdos e poderosos de puro deleite.
Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

***FADAS***

A crença em fadas e outros seres mágicos tem suas raízes na noite dos tempos e a recordação desta crença persiste no mas profundo da psique humana. Em toda Europa, o povo, e em especial as comunidades rurais, conservou uma grande riqueza de tradições relativas a estes seres que adotam uma grande variedade de formas e que podem ser bons ou maus, prejudiciais ou benéficos, mas aos que em qualquer caso há que os tratar com grande prudência, pois ofendê-los pode ser muito perigoso. Para proteger-se deles ou para ganhar-se seu favor, há muitos amuletos, gestos, rituais, etc., nos que o povo confiava cegamente. E é que a relação entre fadas e humanos é muito complexa, de mútua dependência e regidas por uns parametros fora do cotidiano, já que o mundo das fadas tem suas próprias leis, muito distintas das nossas. Algumas destas crenças são tão antigas como a vida mesma: existem crônicas medievais de princípios dp seculo XII!!! 

O reino das fadas e duendes se divide em quatro grupos.
  • Espíritos da terra: Duendes, Gnomos e Trolls
  • Espíritos do água: Ninfas e Duendes do Água.
  • Espíritos do fogo: Salamandras.
  • Espíritos do ar: Sílfos.
Terra: É o mas denso de todos os elementos. Representa o inverno e a noite.
  • Duendes: Segundo a mitologia, os duendes são grandes seres mágicos. Dividiram-se em duas colônias de férias, os Ljsalfar, ou duendes de luz e Dopkalfar ou duendes da oscuridade, os quais viviam nos bosques escuros e sob as ondas do mar.
  • Gnomos: Não habitam na superfície da terra,senão no subsolo.
  • Trolls:  Temem a luz do dia.
Características dos espíritos da terra.
  • Cor: Verde
  • Energia: Receptiva.
  • Metais: Ferro.
  • Estação: Inverno
  • Direção: Norte
  • Tempo: Noite.
Água: É o elemento da cura, do psíquico e do amor. A água é amor, purifica e limpa. Representa o outono e o crepúsculo. Debaixo dos lagos e mares há imensas cidades e reinos de ninfas e duendes da água. Governada pelas Ondinas, criaturas mitológicas da água
  • Ondinas: Costumam entar nas profundidades nas quais lhes encanta estar.
Características dos espíritos do Água
  • Cor: azul.
  • Energia: Receptiva.
  • Metais: Mercurio, Prata e Cobre.
  • Estação: Outono.
  • Direção: Oeste.
  • Tempo: Crepúsculo
Ar: É o elemento da inteligência da mente. Representa a primavera e o Alvorecer. Está habitado por Sílfos ,que a vezes aparecem como borboletas.
  • Sílfos: São as que controlam os ventos. Quanto a tamanho são as mas grandes
Características dos espíritos do Ar
  • Cor: Amarelo.
  • Tipo de energia: Protetora.
  • Metais: Estanh, Cobre.
  • Estação: Primavera.
  • Direção: LEste.
  • Tempo: Alvorecer.
Fogo: É o elemento tanto da Criação como da Destruição. Bem como o fogo destrói árvores, nova vida pode crescer em seu lugar.Representa o verão e ao pleno meio dia. É o reino da Salamandra legendaria ou lagarto de fogo.A salamandra nos diz que todas as coisas são possível com um pouco de imaginação e coragem.
  • Salamandras: Controlam o fogo. Após terminar seu período terrestre,se tranforman em:
  • Farrallis: São os que trabalham como maestros.
  • Aspiretes: São os que executam.
  • Ra-Arus: É a máxima categoria. 
  • Hiarrus: elaboram os planos a executar
Características dos espíritos do Fogo
  • Cor: Vermelho.
  • Tipo de energia: Protetora.
  • Metais: Ouro
  • Estação: Verão.
  • Direção: Sul
  • Tempo: Meio dia





 

Nenhum comentário:

Postar um comentário